dir2ogg | Salvando seu suado espaço em disco

Howdy cowboys! Tudo em riba?

Seguinte, não tenho como falar por todo mundo, só por mim mesmo, mas a situação é a seguinte: Eu tenho uma enorme biblioteca de áudio. Sim, músicas e músicas, discografias inteiras, podcasts e mais podcasts... tudo arquivado. Me chame de acumulador digital se quiser, e provavelmente sou mesmo! Mas não estamos aqui para julgar a loucura dos amiguinhos, certo?

Bom, o que um acumulador digital como eu tem de problemas em suas máquinas? Primeiramente, vida útil dos discos rígidos... Essa parte eu tratarei em futuras postagens e na minha workshop sobre backup e sincronização de arquivos com RSync e SyncThing na #CPBR10, então, aproveita que já está lendo aqui e cola lá: http://ow.ly/I5Hi307hwRn.

A segunda, ainda na questão dos discos rígidos, é o espaço "gasto" pela acumulação... No que diz respeito a áudios em geral, normalmente se consegue por quaisquer meios que se decidir, arquivos em .mp3... que por si só já é uma extensão mega compactada e que, se não bem trabalhada, trás severas perdas de áudio... além é claro se não ser um formato livre =).

Eu sempre fui fã do .ogg, limpo, tão bom quanto (e as vezes, ou quase sempre, melhor que o .mp3 no sentido compactação X qualidade dos arquivos) o .mp3, e até hoje minha forma de transitar entre os dois formatos era a conversão manual de arquivo por arquivo de .mp3 para .ogg...

Meus amigos, uma busca pelos repositórios main do Debian me apresentaram a belezura do dir2ogg... Que, como o nome sugere, converte diretórios inteiros para .ogg...

Eu converti minha biblioteca local de áudio em questão de horas (é, quando se tem mais de 200Gb de arquivos de áudio não é tão rápido mesmo =) e de forma muito fácil.

Segue o processo básico de instalação em Debian-like:

apt install dir2ogg

Pronto. Está na mão a ferramenta batuta.

Agora, para usar a ferramenta:

dir2ogg -r diretório/dos/arquivos/a/serem/convertidos

E deixa rufar... Simples não? O -r está dizendo para ele rodar recursivamente à partir do diretório inicial e ele vai fazer o possível para manter a qualidade da saída igual a da entrada.

Segue vídeo exemplo:

No vídeo eu converti uma studio session do 21 Pilots que eles estão disponibilizando gratuitamente no canal do youtube deles através deste link: https://www.youtube.com/watch?v=JfEFq_NRZu4 E como comparativo, antes e depois da conversão:

Antes da conversão

Depois da conversão

A diferença fica ligeiramente maior com faixas de longa duração...

O site do projeto é esse aqui: http://jak-linux.org/projects/dir2ogg/ vale a visita.

E por hoje é isso meus queridos.

Fiquem na paz e até a próxima.

Pilulas #1 Audio Edition

Salve salve turma! Tudo na paz?

Disclaimer!!! Esse aqui é um formato novo de texto que vai aparecer de vez em quando no site, e basicamente consiste de pequenos textos de assuntos por vezes aleatórios e temáticos de quando em vez (como o caso desse aqui) onde eu vou passar um pouquinho de opinião pessoal e hacks, dicas, pulos do gato sobre diversas coisas em um tom bem informal e o menos técnico possível. Como sempre, eu enquanto ser humano estou sujeito a erros e não recomendo nenhum hack ou dica abaixo se você não possuir o mínimo de conhecimento básico sobre o assunto, eu NÃO me responsabilizo por danos ao seus equipamentos, danos a sua saúde ou dinheiro jogado no lixo. Ok? Então vambora.

Continue lendo