Christine Sprankle e a falta de bom senso atacando novamente…

Tá, senta que lá vem textão, mas é textão com ão mesmo... puxa a cadeira, pega o café e bora trocar uma idéia... E nas partes que eu traduzo alguns tweets, a tradução é a clássica de pedreiro que eu faço... Então, erros e liberdades poéticas para melhor localização estão presentes... bora lá...

Nos últimos dias a comunidade gringa de magic tem se pronunciado a respeito do caso da Christine Sprankle, cosplayer/produtora de conteúdo da comunidade de Magic na gringa… você consegue mais informações sobre o caso no excelente vídeo do Professor (em inglês), que, embora seja parcial (e às vezes precisamos mesmo ser parciais) é repleto de fundamentos pra argumentação do Professor e serve de base para quem quiser se aprofundar no caso…

Embora eu seja um ninguém no que tange a comunidade de Magic, seja brasileira, seja a gringa, afinal, não jogo competitivamente, não consumo regularmente produtos selados da WotC, fora eventuais boosters para selados e drafts (muito esporádicos), só compro de mercado secundário, não tenho um canal no YouTube (ainda) e nem uma conta no Twitter com porrilhões de seguidores, mesmo assim, eu sou um número… Eu sou “1”… E quando compreendemos o problema que eu pretendo conseguir exemplificar em texto abaixo, temos a bela possibilidade de juntar meu “1”, seu “1”, e o “1” de toda uma pletora de membros da comunidade e trazer uma qualidade mais saudável para todos os membros da mesma… iniciantes, veteranos, casuais, prós, produtores de conteúdo, players, não players, colecionadores de cards, de artes, vendedores e toda a gama de pessoas possível em uma comunidade global de literalmente milhões de pessoas...

O caso da Christine Sprankle trouxe à tona uma discussão que muitas vezes evitamos pensar… O quão impactante nossas ações, por “menores” ou “impensadas” que sejam, podem ser para a vida de cada pessoa com a qual nós nos conectamos no decorrer de nossa vida…

Christine Sprankle é uma das cosplayers mais proeminentes na comunidade de Magic, ela vem fazendo um trampo sensacional e passional a bastante tempo…

Segue alguns exemplos retirados das interwebs:

Exemplos corriqueiros do job absurdo que ela vem fazendo... Uma Elspeth, uma Nissa e uma Chandra sensacionais...

Pois bem, eu disse ali em cima que ela deixou recentemente a comunidade de Magic de lado, e ela culpa isso a toxicidade de parte da comunidade… em especial por parte de um membro específico da comunidade, que aparentemente a maioria das pessoas que estão falando sobre o assunto, estão com medo de dizer o nome da pessoa, talvez por medo de represália, talvez por medo de ganhar o famoso processinho, mas, que se dane, não é mesmo? Grande parte do motivo é por conta do Jeremy, o cara por trás do mtgheadquarters/UnsleevedMedia e da forma com que ele e a galera que vai junto das ideias dele vem tratando a mina… Segue post dela:

Traduzindo:

'Tem sido um ano dificil. E eu bloqueei e não disse nada a respeito dele porque eu queria que isso morresse, mas, sem sombra de dúvidas, MtgHeadquarters / UnsleevedMedia, fez da minha vida um inferno esse ano inteiro com seus vídeos/tweets desnecessários sobre mim e outros membros da comundiade de Magic'.

Bom, Eu não estou em uma posição de julgar ninguém… Eu não faço parte da comunidade de produtores de conteúdo de Magic da gringa ou BR de alguma relevância (ainda =D), mas, pessoas que tem muito mais cacife do que eu no que tange alcance na comunidade, tem falado…

Traduzindo: “Apesar do assédio sem fim e dos ataques que eu venho recebendo por parte do MtgHQ / Unsleeved Media, eu sempre senti medo de falar. Não mais.'


“Ninguém me fez mais miserável do que este homem, ninguém espalhou tantas mentiras vís e ataques quanto ele. Eu perdi noites de sono, tive ataques de pânico. Não mais.'

Este é só o maior cara de Magic do YT… só isso… referência pra todo mundo que está entrando nesse mundo e fala/entende algum nivel básico de inglês… o cara que faz vídeos sobre estratégias de jogo, fala sobre decks, fala sobre a vida dele e tenta manter uma visão positiva sobre qualquer porra negativa que acontece com ele mandando a real pra todos os inscritos dele, quer eles contribuam financeiramente com o canal dele ou não…

Da mesma forma:

Traduzindo:

“Eu gastei inúmeras horas inutilmente tentado trazer este homem para a razão, para ver se havia algum semblante de dignidade ou honestidade em suas veias. I eu a ele a chance de assumir seus próprios erros, mas, ao invés disso, ele se escondeu, mentiu, ofuscou a verdade e deletou postagens antigas para salvar sua imagem.

Vergonhoso.'


“Eu não vou dignificar ele com uma @ menção - Nós da omunidade sabemos exatamente quem ele é, e infelizmente alguns de nós sabemos intimamente o seu modus operandi de abusos. Eu estou cansado de todos os fãs dixzendo: ‘Por que vocês não se dão bem”. Eu me nego. Ele tem de ir embora.'

De novo, outro gigante da comunidade, co host do podcast mais relevante sobre Commander atualmente, além de produtor de uma porrada de canais do youtube e de produções fora da plataforma… figura carimbada em diversos eventos mundo afora…


Mas, você lendo isso tudo pode estar ai se perguntando, mas que diabos esse cara pode ter falado pra deixar alguém tão chateado?

Antes de mais nada, não é de nossa alçada julgar como uma pessoa lida com ataques pessoais… Enquanto eu posso lidar de uma forma tranquila ser chamado de esquerdopata filho da puta, imbecil, gordo, nerd sujo ou ouvir pessoas falando de mim, da minha aparência, de como eu ando, de como eu falo, de como eu trato as pessoas pelas minhas costas e mesmo assim ligar o grande e belo FODA-SE pra isso tudo, NÃO SIGNIFICA QUE TODAS AS PESSOAS SÃO OU DEVEM SER ASSIM

Então, independente de você achar o pouco que eu vou mostrar aqui passivel de raiva ou não… independente de você achar que é uma reação exagerada dela ou da comunidade, independente de tudo, eu gostaria de pedir que você não julgue o peso da cruz do outro baseado na superficie e no peso da sua própria…

A qualidade não está das melhores, o Jeremy apagou todos os tweets e videos então eu acabei pegando essa screenshot à partir do vídeo do Professor listado acima… Segue a tradução de alguns dos tweets:

“Cosplay é imbecil. Brincar de se vestir não é ‘trabalho’, isso aqui é também meu feed pessoal e eu compartilho meus pensamentos quando acho necessário.'

“Ah, faz todo o sentido! Este cara fez um ótimo trabalho fazendo cosplay deste card.'

“‘Cosplay’ novamente, entregando conteudo de qualidade para garotos de 14 anos aproveitarem”.

“Eu amo ver cosplays sexys em eventos. Amo ver booth babes também. Isso não significa que eu saiba EXATAMENTE o que está rolando por ali.'

“Se você está trocando $$ por fotos de cosplay “sexys”, é somente pornografia. Porque tanta gente vem falar comigo sobre isso confusas sobre este fato? Ainda amo pornô.'

Durante o video do Professor, enquanto essa screenshot aparece, há um comentário de fundo do Jeremy essencialmente dizendo que, se a mina (que mantinha o job de cosplayer graças ao Patreon) fosse “gostosa” de verdade, conseguiria mais grana, disse também que se ela estivesse chorando na campanha do Patreon conseguiria mais dinheiro.

Em um pedaço de video extraido do canal do Jeremy, ainda dá pra ver ele zoando um tweet dela onde se lê:

“Liberei mensagens na minha página do Facebook novamente. Questionando minhas escolhas de vida imediatamente.'

Seguida de uma screenshot da inbox dela onde um fã escreve:

“Vim para pegar inspiração de cosplay e sai somente com uma ereção. Com toda seriedade entretanto, amo seu trabalho.'

Mais uma sequencia de chorume extraida do video:

Novamente, desculpe pela qualidade, veja o vídeo do Professor referenciado lá em cima.

Tradução:

“@eotanticipate A que você está se referindo? Minha pontuação que "cosplay” é essencialmente pornô leve pra adolescentes? Não me entenda errado. Grande fã de pornô.'

“Eu amo ver cosplays sexys em eventos. Amo ver booth babes também. Isso não significa que eu saiba EXATAMENTE o que está rolando por ali.

Se você curte, continue curtindo. Acontece que eu penso que isso é para levar vantagem sobre garotos na puberdade e homens/mulheres solitario(a)s. (não intencionalmente eu espero).

@eotanticipate quando você paga alguém para se vestir de algum jeito, normalmente com pouca roupa, do que você chama isso exatamente?

Se eu pudesse me vestir de fantasias e pessoas me pagassem grana, seria muito melhor do que chupar o pau das corporações todo dia :).'

“Contas de ‘cosplay’ no Patreon….. AHAHAHAHAHA 7 pessoas pagando pelo menos $100 por "nenhum conteúdo sexual".'

“Você não vê muitas mulheres de 90 quilos com contas no Patreon coletando dinheiro para cosplay…. só dizendo….'


Bom, eu não quero mais ficar traduzindo chorume, algumas traduções ai eu tive de tomar liberdades poeticas pra fazer algum sentido, mas leve sempre em consideração que eu não sou um tradutor profissional nem sou fluente em inglês… só não gosto de ficar usando Google Tradutor porque sempre parece um robô falando…

Então continuando esse quase dossiê… o Jeremy, entre algumas lives diz que não a estupraria por ela ser uma 3/10… chamar ela de puta e outras coisas, por ter grande influência, um alto número de inscritos no canal dele (eu era um deles até pouco tempo, a série de videos dele que me levou a me inscrever foi o “fatpacks através da história" onde ele abria um fatpack de cada coleção de magic em vídeo, mas agora estou devidamente desinscrito), levou a cada vez mais pessoas atacarem a garota… muitas das vezes por ser simplesmente uma mulher…

E mano, que tipo de mundo que vocês vivem onde em pleno 2017 você se acha menos homem porque uma mulher faz parte da mesma comunidade que você?

Claro, durante o vídeo do Professor, ele conta também dos ataques que ele sofreu do Jeremy, o Wedge do Mana Source também, vários outros caras grandes da comunidade, e é um saco isso ter acontecido…

Mas depois de tanta coisa que eu escrevi aqui eu quero perguntar a você pessoa que perseverou até aqui no texto… Precisa mesmo uma pessoa influente ser afetada e várias pessoas de grande alcance falarem pra você entender que assédio moral, bullying e desgraçar com a vida da pessoa alheia é errado?

Na comunidade de magic se vê uma representatividade em microcosmo do que acontece com a sociedade em geral dos países “relevantes” atualmente… a maioria dos players são homens, brancos, heterosexuais, classe média alta… o jogo é um jogo que possui uma barreira de entrada financeira alta pra quem está pulando de cabeça… Mas é um jogo de Nerds… que até pouco tempo eram exclusivamente homens, brancos, heterosexuais, classe média alta… Mas hoje não é mais assim… hoje temos membros das mais diversas cores de pele, das mais diversas religiões (ou sem nenhuma), dos mais diversos países, das mais diversas orientações sexuais, das mais diversas identificações de gênero e todos merecem o seu respeito…

E se você chegou até o final deste texto achando que isso só se aplica a comunidade de Magic, meu amigo, minha amiga… eu tenho uma notícia muito interessante pra você… isso se aplica a porra toda… A única pessoa que não merece nosso respeito é aquela que ataca sem motivos e se faz de vitima pra sociedade… de resto, o respeito é o mínimo do mínimo…

Se você faz parte da comunidade de Magic, se identificando como nerd ou não… fique sabendo que eu já sofri muito quando era moleque por gostar dessas “nerdices”... E igual ou pior ao que eu sofri, muitos outros sofrem hoje por ter uma cor de pele diferente, por se identificar com uma religião/orientação sexual/gênero “atípicos” pela sociedade…

Esse mundo ta uma merda de tantas formas… Você precisa mesmo deixar ele pior de mais um jeito pra alguém?

Se você quer ver o que a Wizards tem a dizer sobre as mudanças na politica anti assédio, da uma olhada aqui em inglês.

Até mais…


Ah, esse texto vai em crosspost no acesso.me e no divinacaodosensei.xyz além das redes sociais correspondentes a cada projeto… No fim das contas sou eu, Thiago que estou escrevendo e que gostaria de ouvir/ler sua opinião… Mas sempre se lembre… tem sempre uma pessoa do outro lado da tela… e essa pessoa merece o seu respeito.


Paz…

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *