Papo Livre — #0 – Piloto: RMS no Brasil e conceitos básicos de Software Livre

SIM! O PapoLivre é um projeto novo na área! Este é um crosspost do site do projeto propriamente dito! A cada novo ep lançado farei o mesmo processo por aquI! Criticas, sugestões, xingamentos e etc são sempre bem vindos! E bora lá!


Neste primeiro episódio, Antonio Terceiro, Paulo Santana e Thiago Mendonça discutem a próximo vinda do Brasil de Richard Mattew Stallman (RMS), o fundador do movimento do Software Livre. RMS vai fazer uma série de palestras durante um período de 3 semanas a partir do final de maio de 2017. Em seguida a conversa abrange diversos temas, como concepção e expectativas para este novo podcast, origens do software livre, conceitos básicos de software livre, e possíveis temas para episódios futuros

Edição: Thiago MendonçaMúsica: Tanzen (CM+T 02), por KieLoBot. Licenciada sob a licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0.Links: Fonte: Papo Livre — #0 - Piloto: RMS no Brasil e conceitos básicos de Software Livre

Vire um curador de conteúdo! | #CPBR10

Olá personas! Tudo em riba?

Estamos ai a pouco mais de 1 mês da Campus Party Brasil 10!!!!

A galera está na pilha como sempre pra que chegue logo essa beleza de evento! E como todo ano a organização trás uma novidade, esse ano veio o concurso vire um curador!

Mas, o que raios é esse concurso?

Basicamente é uma forma que você campuseiro tem de indicar conteúdo que VOCÊ acha relevante e quer saber mais sobre na Campus Party e de quebra, caso sua atividade fique nas melhores colocadas, ainda leva um ingresso com camping para a Campus 10!!!

E para participar, mesmo estando bem em cima da data da publicação deste post, basta seguir o link da imagem explicativa da própria Campus:

E por que eu estou falando disso agora?

Bom, tem uma turma batuta no Campusero's Club que está lutando pra ter atividades sensacionais aprovadas! E meus amigos, são atividades das mais variadas! E se você quiser ajudar eles é muito fácil! Crie sua conta no campuse.ro, caso já não a possua e se inscreva nas atividades listadas abaixo!

[Michel Arouca - Editor chefe e fundador do Série Maníacos]
A era dos influenciadores
[Daniel Gaspar - Professor Universidade Católica de Petrópolis] 
Você está sendo observado (não [apenas] pela NSA)
[Lays Rodrigues - KDE Community] 
O que a Google e 1000 estudantes universitários ao redor do mundo tem em comum:
 
 Qt: O seu toolkit para C++ ou Python com o verdadeiro Write Once Deploy Everywhere!
 
[João Paulo Polles - Maringeek e Comunidade Mozilla Brasil] 
Entendendo as licenças de software livre
[Marcos Ribeiro - Universidade de Passo Fundo/RS]
É preciso hackear a Educação!
 O hacker é aquela pessoa que desenvolve habilidades e técnicas em qualquer área, sendo movido pela criatividade para melhorar o mundo com sua atuação.
 
1) Ondas gravitacionais - A Descoberta do século! 
2) Nanotecnologias Emergentes Baseadas em Grafeno
3) Nick Van Breda - Hackathons e o Futuro da sua Startup 
4) Hand Talk - Tornando o mundo mais acessível
5) Informação e tecnologia: A ciência por trás dos Cubesats
6) Maria Vitória Valoto e a Ciência que o Mundo Precisa
7) AMP Progressive Web Apps: De Volta para o Futuro dos Apps 
8) Aplicação da Levitação Quântica: O projeto MagLev-Cobra para Transporte Urbano
9) A Fantástica Fábrica de Experiências com Nitrogênio Líquido 
10) Astrobiologia - Uma perspectiva cósmica da vida no universo
11) Gustavo Rojas - O Brasil na ­Era dos Grandes Teles­cópios
12) Pós-verdade: a derrocada da influência eleitoral da velha mídia 
13) Kawoana Viana - O poder da iniciação científica para despertar o protagonismo nos jovens
14) Levitação Quântica e Supercondutividade - Não é Magia é Tecnologia! 
15) Como encontrar a verdade no mar de mentiras da internet?
16) O Papel das Comunidades Mexicanas no Crescimento da CPMX 
Lembrando aos leitores que caso exista algum tema de seu interesse e você não os encontre nem na lista acima nem na lista geral de atividades, você pode indicar um conteúdo! Então jovem gafanhoto, jovem libélula, corre lá que ainda dá tempo!!!
Até a próxima! Fui!

dir2ogg | Salvando seu suado espaço em disco

Howdy cowboys! Tudo em riba?

Seguinte, não tenho como falar por todo mundo, só por mim mesmo, mas a situação é a seguinte: Eu tenho uma enorme biblioteca de áudio. Sim, músicas e músicas, discografias inteiras, podcasts e mais podcasts... tudo arquivado. Me chame de acumulador digital se quiser, e provavelmente sou mesmo! Mas não estamos aqui para julgar a loucura dos amiguinhos, certo?

Bom, o que um acumulador digital como eu tem de problemas em suas máquinas? Primeiramente, vida útil dos discos rígidos... Essa parte eu tratarei em futuras postagens e na minha workshop sobre backup e sincronização de arquivos com RSync e SyncThing na #CPBR10, então, aproveita que já está lendo aqui e cola lá: http://ow.ly/I5Hi307hwRn.

A segunda, ainda na questão dos discos rígidos, é o espaço "gasto" pela acumulação... No que diz respeito a áudios em geral, normalmente se consegue por quaisquer meios que se decidir, arquivos em .mp3... que por si só já é uma extensão mega compactada e que, se não bem trabalhada, trás severas perdas de áudio... além é claro se não ser um formato livre =).

Eu sempre fui fã do .ogg, limpo, tão bom quanto (e as vezes, ou quase sempre, melhor que o .mp3 no sentido compactação X qualidade dos arquivos) o .mp3, e até hoje minha forma de transitar entre os dois formatos era a conversão manual de arquivo por arquivo de .mp3 para .ogg...

Meus amigos, uma busca pelos repositórios main do Debian me apresentaram a belezura do dir2ogg... Que, como o nome sugere, converte diretórios inteiros para .ogg...

Eu converti minha biblioteca local de áudio em questão de horas (é, quando se tem mais de 200Gb de arquivos de áudio não é tão rápido mesmo =) e de forma muito fácil.

Segue o processo básico de instalação em Debian-like:

apt install dir2ogg

Pronto. Está na mão a ferramenta batuta.

Agora, para usar a ferramenta:

dir2ogg -r diretório/dos/arquivos/a/serem/convertidos

E deixa rufar... Simples não? O -r está dizendo para ele rodar recursivamente à partir do diretório inicial e ele vai fazer o possível para manter a qualidade da saída igual a da entrada.

Segue vídeo exemplo:

No vídeo eu converti uma studio session do 21 Pilots que eles estão disponibilizando gratuitamente no canal do youtube deles através deste link: https://www.youtube.com/watch?v=JfEFq_NRZu4 E como comparativo, antes e depois da conversão:

Antes da conversão

Depois da conversão

A diferença fica ligeiramente maior com faixas de longa duração...

O site do projeto é esse aqui: http://jak-linux.org/projects/dir2ogg/ vale a visita.

E por hoje é isso meus queridos.

Fiquem na paz e até a próxima.

O retrocesso tecnológico do Governo Temer.

Fala ae turma boa... Sim, eu sai do hiato...

Vamos lá... Aquele disclaimer panos quentes do caramba antes de começar a vomitar opinião, ok? Ok...

Eu evito o máximo que posso mostrar minha opinião na internet sobre 3 assuntos:

  • Religião;
  • Futebol;
  • Política.

E sim, eu sei que parece coisa de babaca dizer isso, mas o fato é: Eu tenho pouco tempo na minha vida, perder tempo com rage alheio simplesmente por ter pessoas que não pensam igual a mim me consome energia e tempo precioso pra pagar as contas, comprar cartinhas de Magic e levar a namorada pra comer pizza...

Agora, se eu evito essa chuva de chorume na minha timeline do Facebook, Twitter, Diaspora e etc, porque raios eu estou vindo aqui com um titulo de clickbait gigante destes? Bom, porque me dói umas coisas de vez em quando e eu preciso "desabafar" escrevendo publicamente.

Disclaimer feito? Está ai ainda? Então "vambora"!

O retrocesso exemplificado na imagem.

O retrocesso exemplificado na imagem.

Continue lendo